Tudo é relativo

Porto da Praia da Vitória - Ilha Terceira - Açores - PedalaçoresA notícia sobre o novo “Plano Integrado de Transportes dos Açores” (1) despertou-me para algo que já tinha pensado há tempos mas que ainda não tinha passado para o ‘papel’.

Chegar às ilhas dos Açores numa embarcação é algo tão natural como a existência das próprias ilhas, ou seja, desde o seu descobrimento pelos portugueses, ou antes (2), viajar de barco entre as ilhas faz parte do dia-a-dia da vida de todas as pessoas que vivem no nosso lindo arquipélago dos Açores. Historicamente, andamos a fazer isso há mais de 500 anos (3).

Apesar de não se saber bem ao certo quando é que os Açores foram descobertos, um facto parece ser transversal a todas as datas possíveis: foi pelo mar 🙂

Desde então, toda a história das ilhas foi tocada de certa forma por esta maravilha tecnológica (os barcos) que permitia, com o simples içar de uma vela, transportar pessoas e bens de uma ilha para outra, flutuando sobre as águas azuis do Atlântico. Continuar a ler

Anúncios

Ponta Delgada – São Pedro Nordestinho em autocarro

Autocarros - Ponta Delgada - Pedalaçores Depois de algumas surpresas pelo caminho nesta maravilhosa viagem a pedalar pelos Açores e depois de suprimidas algumas das necessidades de manutenção da minha companheira de duas rodas no Sábado passado, dia 31 de agosto, chegou a hora de voltar para São Pedro Nordestinho e continuar a jornada.

Os horários de autocarro durante o fim de semana em São Miguel são um bocado mais restritivos e para o meu trajecto só haviam dois: um às 6:45 e outro às 16:15 e como não tinha a oficina aberta assim tão cedo para buscar a roda da bicicleta tive que “optar” pelo autocarro da tarde, podendo assim passar mais tempo na cidade em companhia dos amigos que me acolheram, ou seja, foi divertido. Continuar a ler

Em São Miguel, romeiro por uma noite

Miradouro Nordeste - PedalaçoresDas coisas incríveis que acontecem na estrada e que são mesmo deliciosas de se viver são os encontros inusitados, em lugares impensáveis e com pessoas incríveis.

Esta noite que passou fui recebido pela família Pimentel e num ambiente super familiar tive a oportunidade de ouvir o testemunho de um verdadeiro Romeiro de São Miguel na primeira pessoa e foi muito enriquecedor ouvir as histórias do senhor Daniel que já frequenta as romarias há mais de 30 anos e gosta tanto que decidiu formar o seu próprio grupo.

Foi uma noite agradável e diferente de todas as outras e como o próprio senhor Daniel disse, naquela noite fui tratado como um romeiro.

Autocarro - PedalaçoresEntretanto, durante a minha viagem do Porto Formoso para São Pedro Nordestinho fui surpreendido por um raio partido que me empenou a roda traseira e consequentemente me obrigou a um deslocamento de emergência de volta para Ponta Delgada e já que no Pedal’Açores o assunto é mobilidade nada como experimentar os transportes públicos terrestres, neste caso o sistema de autocarros e assim foi.

Parti pelas 7 da manhã em direcção a Ponta Delgada depois de uma viagem agradável a contemplar o lento amanhecer e depois de passar por várias freguesias cheguei ao destino final. Por volta das 9 da manhã já estava à porta da Monbike com a roda para a manutenção.

Neste dia, devido a compromissos com outros clientes não consegui ter a roda pronta e mais uma vez graças a generosidade dos amigos pernoitei em Ponta Delgada e hoje (Sábado) fui recolher a roda e segui tranquilamente para a paragem do autocarro para regressar à São Pedro Nordestinho. Foi aí a surpresa… o autocarro havia saído às 6:45 da manhã e o próximo era só na parte da tarde pelas 16:45.

Aproveitei o tempo para dar mais um passeio por Ponta Delgada em companhia da roda, agora com raios novos e toda brilhante. Hoje a etapa promete ser diferente e acho que só consigo chegar às Furnas muito tarde. Vamos ver o que me aguarda.