Nos Açores também é Primavera

Primavera nos Açores - PedalaçoresÉ tão bom sentir as nossas horas de Sol aumentarem e pra comemorar este início de Primavera nada como um belo passeio.

Desta vez não tinha um destino certo e nem uma rota assim muito pensada, fui em direcção ao poente mas a idéia era pedalar pra onde me apetecesse. E assim foi.

Este Inverno que passou foi muito rigoroso, houve temperaturas baixas, neve, tempestades e consequentemente muito vento e chuva, por isso, a sede por dias mais claros e ensolarados para arejar a casa e aproveitar o “lado de fora” de outra maneira está grande. A Primavera agora vai nos confortar com mais Sol. Continuar a ler

Anúncios

Mobilidade à Francesa

Terceira - Graciosa - PedalaçoresAqui nos Açores todos os anos a novela se repete. Neste anos todos parece que ninguém na Atlanticoline é capaz de entender como é que se “calculam” as festas móveis. Não aprenderam ainda que as agências de viagem precisam dos horários dos barcos com antecedência para conseguirem melhorar a oferta de trajectos que poderiam incluir os barcos. Vivem noutro mundo.

E por falar noutro mundo, em França foi anunciado no passado dia 5 de Março o “Plan Velo”(1), uma série de 25 medidas para incentivar a mobilidade com foco especial para a bicicleta.

Para além dos incentivos financeiros, o plano contempla medidas para melhorar a rotina daqueles que utilizam a bicicleta como meio de transporte. Os locais para estacionamento de bicicletas nas estações de comboio e metro serão aumentados, os edificios que albergam escritórios terão que criar espaço para estacionamento de bicicletas, todas as vias com limite de velocidade de 30km/h passaram a ter 2 sentidos para os ciclistas e as multas por estacionar automóveis nas ciclovias vai aumentar de 35€ para 135€ são alguns dos exemplos do que vai mudar.

Continuar a ler

Tudo é relativo

Porto da Praia da Vitória - Ilha Terceira - Açores - PedalaçoresA notícia sobre o novo “Plano Integrado de Transportes dos Açores” (1) despertou-me para algo que já tinha pensado há tempos mas que ainda não tinha passado para o ‘papel’.

Chegar às ilhas dos Açores numa embarcação é algo tão natural como a existência das próprias ilhas, ou seja, desde o seu descobrimento pelos portugueses, ou antes (2), viajar de barco entre as ilhas faz parte do dia-a-dia da vida de todas as pessoas que vivem no nosso lindo arquipélago dos Açores. Historicamente, andamos a fazer isso há mais de 500 anos (3).

Apesar de não se saber bem ao certo quando é que os Açores foram descobertos, um facto parece ser transversal a todas as datas possíveis: foi pelo mar 🙂

Desde então, toda a história das ilhas foi tocada de certa forma por esta maravilha tecnológica (os barcos) que permitia, com o simples içar de uma vela, transportar pessoas e bens de uma ilha para outra, flutuando sobre as águas azuis do Atlântico. Continuar a ler